Notícias

Prefeitura de Igreja Nova - Notícias - Agricultura

Programa de Desenvolvimento Territorial beneficiará produtores de leite de Igreja Nova

Publicação: segunda, 19 de agosto de 2019

A Secretaria Municipal de Agricultura, o Banco do Nordeste e o Comitê Gestor do Programa de Desenvolvimento Territorial (Prodeter) da Cadeia Produtiva do Leite do Baixo São Francisco promoveram, na última quinta (15), na Câmara de Vereadores, o primeiro encontro do Programa para apresentar o Plano de Ação Territorial que será desenvolvido com quarenta produtores de Igreja Nova.
O Prodeter tem abrangência em quatro municípios alagoanos e acompanhará os criadores por três anos, com o objetivo de potencializar a atividade, por meio da implementação de um plano de ação, financiamento e fortalecimento dos comitês locais, para encontrar estratégias de escoamento da produção e adequação da melhor forma de manejo de acordo com a realidade dos produtores. Ao final do Prodeter planeja-se que os participantes sejam produtores modelos, casos de sucesso que servirão de referência para outros criadores.
O secretário de Agricultura, Aureliano Almeida, abriu o evento pedindo que os quarenta produtores selecionados para participarem do Prodeter abracem a oportunidade: “Sabemos que tá difícil para todos os setores, já tivemos altos e baixos, e se vocês persistiram é porque sabem da importância dessa atividade, então aproveitem ao máximo”.
O Plano de Ação foi apresentado pelo agente de desenvolvimento Reginaldo Rocha, do Banco do Nordeste, que fez uma explanação sobre o funcionamento e as vantagens do projeto, destacando dois pontos que serão trabalhados: a redução do custo de produção do leite, em pelo menos 20%, e a diversificação de compradores. Sobre os financiamentos, ele falou que os produtores poderão renovar ou adquirir novos e fazer parte do programa será um diferencial no relacionamento com o banco.
Este primeiro encontro do Prodeter contou ainda com uma palestra sobre Cria e Recria de Bezerras e Novilhas, ministrada pelo médico veterinário João Ribeiro. “A bezerra é o futuro do rebanho”, disse ao iniciar sua participação, que foi focada em apresentar as tecnologias mais recentes e o passo a passo para uma maior produtividade. Os produtores tiveram a oportunidade de tirar dúvidas e trazer o que foi mostrado para o mais próximo da realidade da região. O evento se encerrou com a troca de experiências e o comprometimento de todos em relação ao Programa.

SECOM

GALERIA DE FOTOS

MATERIAS RELACIONADAS