Conecte-se Conosco

Saúde

Igreja Nova é 2º lugar em desempenho no Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica

Publicado

em

A Secretaria Municipal de Saúde de Igreja Nova reuniu os profissionais da saúde que tiveram suas Unidades Básicas de Saúde (UBS) avaliadas pelo Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (Pmaq -AB) para divulgar o resultado e parabenizar as equipes pelo 2º lugar, no estado, dentre as cidades que obtiveram um maior percentual de evolução na prestação dos serviços ofertados à comunidade, atingindo um acréscimo de 212,3% nos recursos destinados pelo Programa ao município. A reunião aconteceu na manhã desta quarta-feira (04), na Escola Pedro Reys e foi marcada por homenagens e agradecimentos.
As avaliações do Pmaq acontecem a cada 3 anos, a última, realizada em setembro do ano passado, avaliou 9 dos 10 Programas de Saúde da Família (PSF) do município. A avaliação tem três fases: auto avaliação da equipe, desempenho em 24 indicadores de saúde e visita de um avaliador externo. Igreja Nova recebeu a nota geral de 7,2, resultado acima da média (7,1). A coordenadora da atenção básica, Deise Almeida, e o coordenador de saúde bucal, Leonardo de Lima, apresentaram o resultados dos indicadores. A secretária de saúde, Mônica Dantas,  aproveitou a oportunidade para agradecer a todos que se empenharam para a requalificação do Programa e destacou a importância de cada membro da equipe.
“Todos devem se ver como iguais na equipe, porque um não funciona sem o outro, todos tem a mesma importância”, explicou.
Ainda durante a manhã, comemorou-se o dia do Agente Comunitário de Saúde e foram prestadas homenagens à coordenadora Deise Almeida e ao técnico Romilson Santos que receberam uma placa em reconhecimento aos serviços prestados ao Pmaq.
O Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica objetiva incentivar a melhoria dos serviços de saúde ofertados nas UBS´s para garantir, por meio de um conjunto de estratégias de qualificação, acompanhamento e avaliação, um padrão de qualidade no atendimento. Os municípios participantes que atingem a meta do Ministério da Saúde têm um acréscimo nos recursos de incentivo federal.

SECOM

Continue lendo
Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.